Loading

Cada sílaba

Hoje não tenho nada pra te dizer.

Nem por mensagens, nem pelas cartas que aprendi a acumular numa caixa embaixo da cama.

Hoje só quero as lembranças.

Deve ser por causa da chuva que cai no quintal.

Às vezes dá prazer sentir saudade.

Quando a chuva parar eu volto a escrever.

Gosto do som do lápis no papel.

Você sabe que estará em cada sílaba.

Eu guardo as cartas.

Você não sabe o motivo, mas saberá um dia.

Eu não vou viver pra sempre.